Desaparecido desde dia 3 de janeiro, na comunidade Rural do Engenho da Ponte,Luciano Santos foi encontrado morto na quinta feira dia 6 de Janeiro dentro da mata na comunidade quilombola de Cachoeira

Segundo informações obtidas pela radio web Olha a Pititinga, o corpo foi encontrado em avançado em estado de decomposição, chamado pela pericia de estado de gigantismo, significando que ele foi morto em pelo menos horas depois do seu desaparecimento.

Não sabe as causas da morte do morador da comunidade, a suspeita de latrocínio que é o roubo seguido de morte. Luciano pode ser o primeiro homicídio do ano em Cachoeira m 2022. Ele foi enterrado no dia seguinte do seu encontro sexta feira dia 7 de janeiro.