Pela primeira vez da historia foi realizado nas primeiras horas do dia internacional da confraternização, uma festa que levou centenas de pessoas as ruas de Cachoeira, embalada pela Orquestra do Bala, Carlos Jorge (Balainho) o fundado do grupo estava com esse evento atravessado na garganta, proibido de desfila no mês de novembro por causa da pandemia e interferências externas,  mês que comemoramos a Festa D’ajuda, Balainho quase seria preso por desacato na época.

De alma lavada e com muita gente sem mascaras as primeiras horas do ano de 2021, vão ficar na historia, com o nome de Embalo da Liberdade por causa do slogan de campanha da Prefeita Eliana, a Prefeitura de Cachoeira foi a Principal patrocinadora do evento, Diiiiiizem que valor pago para realização foi de R$5.000,00 (cinco mil reais).

Algumas pessoas foram às redes sócias protesta por conta do absurdo da exposição de pessoas ao vírus da Covid-19 e H3N2 vírus da gripe que vem levando dezenas de pessoas aos hospitais, criticando atitude da gestão em permitir esse evento.