Recebemos em nossos estúdios da TV e Rádio Web Olha a Pititinga Dinha Rodrigues, presidente da ONG Arca de Noé, para comentar a situação da ONG, após uma das integrantes declarar que o grupo teria sido desfeito.

Dinha defendeu que o projeto está de pé e se depender dela não vai morrer. Ela explicou que somente o grupo do WhatsApp foi desfeito, porque continha 72 pessoas e apenas 10 participava. “Isso me deixava triste, porque diversas vezes eu já tinha acionado e queria a participação de todos no grupo”,  disse.

Na entrevista concedida à Pititinga, a integrante Leleu afirmou que o grupo teria sido desfeito porque Dinha não conseguiu ajudar um cachorro que estava precisando de cuidados, ela teria se chateado e acabado com o grupo. Dinha rebateu a afirmação e deixou claro que só desistirá na última instância: “Eu estava correndo atrás de medicamentos, quando eu finalmente consegui, colocaram no grupo que não precisava mais, porque já tinham matado o cachorro e eu simplesmente disse: a partir de hoje eu desfaço o grupo solidário do WhatsApp, porque a gente já andava sem o grupo”, explicou.

Dinha seguiu falando sobre as atividades da ONG e explicou que o grupo é dividido em várias funções, destacando que qualquer decisão deve ser comunicada e definida junto com o presidente.